05 de Dezembro de 2018
Marketing Digital

As principais métricas de SEO e como medi-las

Um dos maiores benefícios no Marketing Digital é justamente poder mensurar todas as nossas ações e saber exatamente quanto estamos tendo de retorno.

Com SEO isso não é diferente e vai muito além do que apenas acompanhar posicionamento nos resultados do Google. Neste artigo vou te mostrar quais são as principais métricas que devem ser acompanhadas no trabalho de SEO de acordo com o seu tipo de negócio.

O que são métricas?

Métricas são todos os dados que podemos coletar sobre determinados comportamentos dos visitantes de um site. Alguns exemplos são:

  • Sessões
  • Usuários
  • Visualizações de páginas

Todos os dados coletados nos auxiliam a mensurar o que acontece em um site e através deles podemos direcionar nossas ações no trabalho de SEO.

Uma das principais ferramentas utilizadas no mundo para mensurar os acessos de um site é o Google Analytics. Caso você ainda não utilize esta ferramenta, vou deixar o link para que você possa acessar o Google Analytics e criar sua conta gratuitamente.

Dentro do Google Analytics podemos filtrar exatamente quais visitas vieram dos resultados de pesquisa do Google, por exemplo. Basta filtrar os dados em seu Google Analytics com o segmento de tráfego orgânico.

Métricas de vaidade

Não basta coletarmos diversos dados sem o total entendimento do que eles representam. Para facilitar o entendimento vou utilizar um exemplo: Receber 500 mil usuários em uma loja virtual pode parecer um grande sucesso, mas se esses usuários não realizaram nenhuma compra, esta acaba sendo uma métrica de vaidade, pois embora seja um número de usuários interessante, de nada serve para o resultado de uma loja virtual se não houver vendas.

Por isso temos que compreender quais métricas fazem sentido para o nosso tipo de site e em seguida elaborar estratégias de SEO que auxiliem no seu desempenho.

Comece identificando sua fonte de receita

O primeiro passo para identificar quais são as métricas de SEO ideais para o seu negócio é tendo bem claro como o seu site ganha dinheiro. Vejamos os formatos mais comuns:

  • Venda de produtos
  • Geração de leads
  • Venda de publicidade

Com base em cada um destes formatos de monetização vamos entender quais são as principais métricas que devemos acompanhar.

Venda de produtos

Para você que tem uma loja virtual ou vende produtos diretamente através de seu site você precisa ficar atento principalmente às métricas relacionadas às vendas, pois através delas você poderá tomar decisões mais assertivas com relação à melhor estratégia de SEO a ser adotada.

Veja as principais métricas para lojas virtuais:

  • Total de pedidos
  • Ticket médio
  • Taxa de conversão

Tendo em mãos estes dados você conseguirá saber se o seu e-commerce tem evoluído e gerado bons resultados.

Vou dar alguns exemplos de estratégias de SEO para utilizar com cada uma das métricas citadas acima.

Total de pedidos

Se você detectou que a quantidade de pedidos em sua loja virtual diminuiu, uma estratégia é analisar quais eram os produtos que mais vendiam no mesmo período do ano anterior (para evitar sazonalidades) e verificar se seu e-commerce ainda continua bem posicionado nos resultados de pesquisa. Caso tenha perdido posicionamento, está aí a oportunidade para otimizar esses produtos.

Ticket médio

A forma mais fácil de aumentar o seu ticket médio é estimular que mais produtos sejam incluídos no carrinho a cada compra. Veja as combinações de produtos que seu público mais deseja, em seguida analise para quais produtos você já possui bom posicionamento no Google e então crie uma área em sua página de produto chamada “Compre também”.

Nesta área você deve incluir a combinação mais vendida de produtos e assim as suas chances de aumentar o ticket médio aumentam instantaneamente.

Exemplificando, se você vende bicicletas e sabe que é comum vender a combinação de bicicleta + capacete, você pode incluir essa combinação diretamente nas páginas de suas bicicletas que possui melhor posicionamento nas buscas do Google e assim potencializar o aumento do ticket médio em vendas originadas através do SEO.

Taxa de conversão

A taxa de conversão é calculada com base na quantidade de vendas realizadas dividida pela quantidade de visitantes que entraram em seu site.

Sabendo disso, uma estratégia de SEO que você pode adotar é identificar quais produtos você possui uma melhor taxa de conversão, mas que ainda não está nas primeiras posições dos resultados de pesquisa do Google.

Então você deve focar seus esforços de SEO para melhorar o posicionamento destes produtos e com isso gerar mais vendas.

Outra forma de aumentar a sua taxa de conversão é melhorando a usabilidade de sua loja virtual. Para isso recomendo a utilização da ferramenta Hotjar que gera vídeos da navegação dos seus usuários e com isso você pode identificar eventuais dificuldades de usabilidade do seu e-commerce.

Geração de Leads

Se o seu site tem como principal forma de monetização a geração de leads, vou dar alguns exemplos de métricas que podem ser muito úteis:

  • Origem dos usuários
  • Páginas de entrada

Origem dos usuários

Através do Google Analytics conseguimos saber a localização dos usuários que acessam nosso site ou loja virtual. Supondo que seu negócio gera leads de pessoas de diferentes regiões geográficas, você pode identificar quais são as origens (país, estado ou cidade) que geram mais leads e então trabalhar estratégias de SEO para posicionar o seu site em pesquisas locais.

Páginas de entrada

Também é possível analisar quais são as páginas por onde os usuários iniciaram a navegação em seu site. Sabendo disso você pode priorizar o posicionamento das páginas de destino que você identificar que geram melhores taxas de conversão.

Venda de publicidade

Dois exemplos claros de sites que é monetizado através da venda de publicidade são os portais de notícias e blogs.

Pensando neste tipo de negócio, as principais métricas que devem ser analisadas são:

  • Usuários
  • Tempo de navegação
  • Visualizações de páginas

A melhor estratégia para estas 3 métricas é analisar o relatório de “Informações demográficas” que o Google Analytics disponibiliza. Através dele é possível coletar informações mais detalhadas de seus usuários, como idade e sexo e com base nisso identificar quais perfis geram mais visualizações de páginas e passam mais tempo navegando no site.

Identificando este perfil de usuário, basta criar mais conteúdo para eles e, claro, aplicar todas as técnicas de SEO que você conhece para que estes conteúdos fiquem bem posicionados nas pesquisas.

Resumindo

Estes foram apenas alguns exemplos de métricas que você pode começar a acompanhar, mas o principal que você deve por em prática após ler este artigo é conseguir identificar claramente quais métricas influenciam diretamente na forma como o seu site gera receita.

Tendo isso como seu foco principal tenho certeza que você começará a acompanhar as métricas corretas e elaborar melhores estratégias de SEO.

Se você quer acompanhar mais do meu trabalho, acesse o site da Consultoria Digital e se você quer ver dicas de SEO na prática siga nosso canal no Youtube e venha conhecer a minha aula na Digital House!


Escrito por Daniel Imamura, CEO da Consultoria Digital – Agência de Marketing Digital especializada em SEO e professor especialista na Digital House Brasil. 

Quero saber mais sobre o curso de Marketing Digital
Comentários