07 de Junho de 2019
Carreira

Como conseguir um emprego sem experiência?

Confira as dicas do time de Mentoria da Digital House para se dar bem nas entrevistas

Parece quase impossível arranjar um emprego sem ter experiência? Calma, nem tudo está perdido! No dia 05 de junho, o time de Mentoria da Digital House promoveu uma aula livre especialmente pensada para alunos da escola que ainda não tiveram oportunidade de entrar no mercado de trabalho.

A mentora de carreiras Andrea Tedesco falou um pouco sobre como entrar no mundo corporativo, as novas realidades das carreiras e trouxe dicas para montar currículo e se preparar para fazer uma ótima entrevista de emprego.

Mudanças no mercado e as novas realidades das empresas

Uma das primeiras discussões foi sobre como o mercado de trabalho mudou com o passar dos anos, fazendo os alunos refletirem sobre como era antigamente e como tudo está hoje em dia. A característica mais citada foi a fidelidade: era muito mais comum ver pessoas “fazendo carreira”, ou seja, ficando 20 ou 30 anos na mesma organização.

Neste ponto, Andrea comentou que a “carreira” não morreu, apenas mudou:

“ter um caminho é importante, mas hoje podemos ter múltiplas carreiras, não apenas uma só. A carreira é uma estrada que cada um de nós desenvolve. Se antes, ela era longa, hoje em dia ela pode ser do jeito que a gente quiser”.

Uma outra questão abordada foi que, antes as pessoas ficavam cada uma em suas “caixinhas”, em processos mais individualizados. Hoje em dia, é possível ver as áreas se conversando e todos atuando em sinergia, o que ajuda a trazer um entendimento maior sobre os papéis de cada profissional e, também, mais dinamismo para o dia a dia.

A importância de estar sempre preparado

“As pessoas só buscam consultores de carreira quando estão em situação de desemprego”, afirma Andrea. A partir disso, foi comentado que é preciso ter esse cuidado desde o início da jornada profissional.

É preciso preparar o currículo do primeiro emprego deixando-o forte com as habilidades e conhecimentos, já que ele não contemplará experiências anteriores. “Conhecimento é tudo o que você sabe na teoria. Habilidade é tudo o que você sabe na prática. Atitudes são ações que você já fez.”, ensina Andrea.

Para a entrevista, uma das perguntas mais frequentes é sobre resolução de conflitos. Para quem não tem vivência de mercado, é importante traduzir experiências de vida para transformar isso em competência profissional: “pense numa situação que tenha acontecido em família, entre amigos ou mesmo na escola ou faculdade: qual foi a ação que você executou e quais resultados foram alcançados?”, Andrea questionou.

Dicas para mandar bem na entrevista

Segundo Andrea, é essencial fazer perguntas para o recrutador e para o gestor da vaga durante o processo seletivo, pois demonstra interesse na empresa: “pesquise sobre a organização, até mesmo para buscar informações para questionar”. Os alunos, divididos em grupo, também trouxeram considerações: importante questionar sobre as expectativas, quais metas devem ser entregues, quais os desafios, se há um plano de carreira.

E o que pega mal durante a entrevista? Segundo a turma presente na aula livre, atitudes como atrasar, mentir ou demonstrar não saber o que a empresa faz são grandes exemplos do que não fazer no grande dia.

Já imaginou participar de momentos como esse, para fazer networking, aprender muito e avançar na sua carreira? Conheça nossos cursos e venha para a Digital House!

Comentários