22 de Janeiro de 2019
Digital House

Como foi a formatura dos alunos da Digital House 2018

A hora de mostrar a que veio chegou!

Em clima de descontração e festa, a Digital House fechou o ano letivo de 2018 com um evento que aliou confraternização com a apresentação dos projetos integrados de cada turma.

Na noite de 22 de dezembro, as salas de aula dos três andares do prédio na avenida Dr. Cardoso de Melo, 90 transformaram-se em palco para futuros programadores, analistas e empreendedores que chegaram ao fim de seus respectivos cursos e agora vislumbram um futuro de sucesso pela frente.

Seguindo a tradição da Digital House nos últimos três anos, os alunos fecharam o semestre apresentando seus projetos integradores para seus colegas de classe, professores, amigos, familiares e possíveis recrutadores e investidores.

Mesmo estando “do outro lado”, aquele último momento também trouxe aprendizados, como contou a orientadora de carreiras Andrea Tedesco “os alunos aprendem a apresentar suas ideias, suas capacidades e aquilo que aprenderam ao longo do curso. Alguns alunos treinaram muito para conseguir fazer uma boa apresentação do projeto integrador e é nesse momento que não só recrutadores, mas também futuros alunos, podem ver o resultado da caminhada aqui na Digital House”

 

 

Foi Andrea quem também organizou o coquetel de formatura dos alunos, que aconteceu no terraço da Digital House. O clima era de festa, com as turmas tirando as últimas fotos juntas e celebrando o sucesso desse ciclo. Jordan Henrique e Alexandre Gontijo, alunos de programação mobile, chegaram ao fim do curso com um saldo positivo, “Acredito que valeu muito a pena, o curso é muito completo e estou inclusive pensando em fazer outro, focado em Marketing Digital, no próximo semestre”, conta Jordan. Já Alexandre termina seu curso com confiança de conseguir a recolocação profissional que busca e com algumas propostas já em vista.

 

 

No ano de 2018, 93,85% dos alunos alcançaram seu principal objetivo ao entrar na Digital House: uma vaga no mercado de trabalho. E segundo Andrea, não só os números são prova de um saldo positivo tanto para a escola quanto para os alunos no fim deste ano: “É difícil, a princípio, ver todas as vantagens que você tem por ser aluno da Digital House, mas agora, com o fim do curso, os alunos enxergam muito mais que nós somos mais que uma escola, somos uma comunidade que promove troca de experiências e conhecimento, em prol do seu crescimento não só profissional, mas também pessoal”.

De fato, a celebração foi o fim de um ciclo, mas está longe de ser o fim do relacionamento entre os alunos e a Digital House, “não é uma despedida”, conta Andrea. A turma que se formou poderá usar as dependências da escola como espaços de coworking, atendimento dos professores e mentoria de carreira pelos próximos três meses. E muita gente já tinha hora marcada para fazer reuniões, discutir projetos e dar continuidade ao que foi apresentado.

Comentários