26 de Março de 2019
Dados

Coordenador de Dados da Digital House participa de podcast na CBN

Professor José Borbolla bateu um papo no podcast CBN Professional sobre tecnologia, carreira e muito mais

Nesta segunda-feira (25), o professor José Borbolla, coordenador dos cursos de dados na Digital House, foi o convidado do podcast CBN Professional. O programa, com episódios semanais, entrevista especialistas e líderes de importantes empresas sobre temas que envolvem profissão e carreira.

Durante o bate-papo desta semana com Camila Olivo, da CBN, e Thomaz Castilho, da HSM, José falou sobre o reflexo das transformações tecnológicas no mundo e nas profissões, e sobre a possível ansiedade que essas aceleradas mudanças podem acarretar.

“Tem uma série de transformações que acontecem tão rapidamente que fazem com que nossa capacidade de evolução e adaptação pareça lenta ou incapaz de acompanhar no mesmo ritmo”, comenta o coordenador ao responder uma pergunta de Camila.

Sobre carreiras e profissões, José comenta como as escolas tradicionais ainda não estão preparadas para um presente e futuro mais tecnológicos, que vai muito além de ter um computador para cada aluno.

“O modelo tradicional está falido, pois é o mesmo modelo do fim do século XIX. Na época da Revolução Industrial, era uma receita que fazia sentido para formar trabalhadores, mas na vida real não existe separação entre biologia, química e física, não existem problemas com ‘elefantes de massa irrelevante’ ou carros em condições perfeitas”.

O professor defende a correlação de conhecimentos “eu sempre tento mostrar para meus alunos que você precisa de contexto para encontrar a resposta de um problema, não é só uma fórmula matemática”. O próprio José ao longo de sua entrevista faz inúmeras conexões históricas, sociológicas e econômicas para contextualizar o mundo que conhecemos hoje.

Os entrevistadores também levantaram o tema das novas profissões, ou profissões que “ainda nem existem”, nesse novo cenário. “Quando eu era adolescente, nos anos 90, a profissão de cientista de dados não existia”, exemplifica Borbolla, mas isso não é motivo de desespero para o professor, “tem muitas coisas associadas a carreiras e formação que hoje estão voltadas mais para habilidades do que para formação”. Para se aprofundar no assunto, descubra como começar uma carreira em dados.

Para lidar com o possível estresse e “não enlouquecer” frente a todas essas mudanças em alta velocidade, Borbolla recorre a duas respostas. A primeira é lembrando que após a invenção da prensa pelo alemão Gutenberg, também houve quem dissesse que o mundo estava agora lutando com o “excesso de informações”. Afinal, pela primeira vez as pessoas teriam acesso a muito mais livros do que somente a Bíblia.

A segunda envolve uma postura estóica para não ser pego no sentimento de FoMO (fear of missing out – em tradução livre, medo de perder o momento): “sendo clichê, cada escolha é uma renúncia, então devemos ficar mais felizes com a escolha do que tristes com as renúncias”.

O podcast CBN Professional tem novos episódios todas as segundas-feiras e é uma parceria entre a CBN e a HSM. Para escutar a entrevista do professor José Borbolla, basta acessar o site da rádio.

Se você também está pensando em como sua carreira pode se adaptar ao futuro, a Digital House, um hub de tecnologia e educação, pode te ajudar a encontrar respostas e novos caminhos. Venha bater um papo com a gente.

Comentários