10 de Julho de 2018
Digital House

O que é mentoria de carreira e como ela pode impulsionar a sua

Se em algum momento da sua vida ainda não rolou aquele “momento deprê” sobre para qual direção continuar navegando nesta estrada cheia de caminhos que é a sua carreira, fique tranquilo, é muito possível que esse momento chegue quando menos esperar.

No Brasil, uma pesquisa do Instituto Locomotiva revela que 56% dos trabalhadores com carteira assinada estão insatisfeitos com o seu emprego. E não pense que é só por aqui que as pessoas se sentem insatisfeitas e perdidas nas suas carreiras. Na Europa, esse número chega a 60%, segundo Roman Krznaric, autor do livro “School of Life” e nos Estados Unidos esse número nunca foi tão baixo, segundo a matéria da revista Exame de 2017.

Mas, de onde vem toda essa insatisfação e esses “momentos deprês” da jornada profissional? Bom, muitos colegas, consultores de carreira, podem dar a sua opinião sobre isso, mas tenho certeza que dentro das suas teorias, a falta de clareza e o que realmente os satisfazem é um dos grandes tópicos discutidos entre os profissionais da área. A cada dia mais pessoas insatisfeitas nas suas carreiras buscam esses profissionais para lhe ajudar a mudar essa situação. O mais bacana é que atualmente, o número de pessoas que já estão felizes nas suas carreiras e buscam esses profissionais para aprender a manter a sua empregabilidade em alta, dentro de um mercado que muda de maneira extremamente veloz, também aumenta consideravelmente – o que me deixa muito feliz – pensando em Educação de Carreira.

+ O que os recrutadores querem saber na entrevista de emprego

Quando falo em educação, vou mais a fundo em só resolver problemas pontuais como transição de carreira, recolocação ou promoção, por exemplo. Estou falando de aprender a aprender sobre gerenciamento de vida e carreira. Quando assumimos o poder de tomar as decisões das nossas vidas, também aprendemos a usar um olhar estratégico sobre cada passo que damos em direção aos nossos objetivos. E convenhamos, quantas pessoas não sabem o que faz sentido para elas ou o que desejam atingir? Ter esse tipo de parceiro na sua vida lhe orienta a navegar por águas turbulentas que mudam constantemente e de maneira muito veloz (mercado), segurando o leme com segurança (você) e mesmo que necessite utilizar outros caminhos (carreira) para atingir seu objetivo, você tem todas as ferramentas que precisa para manter-se firme e estratégico (índice de empregabilidade alto). Além disso, pode contribuir para despertar potenciais adormecidos e que podem ser diferenciais se aplicados à sua carreira.

Se você estiver se perguntando se existem profissionais (orientadores de carreira) específicos para um segmento profissional, a resposta é: sim! Quando falamos de carreira, encontramos no mercado profissionais especializados em diferentes áreas de desenvolvimento. Todos são orientadores de carreira, contudo, é importante explicar a diferença entre eles:

Consultor de Outplacement

Trabalham para consultorias especializadas em apoiar profissionais que foram desligados das suas empresas, a retornarem para o mercado de trabalho. Portanto, eles trabalham diretamente para uma consultoria especializada. Utilizam treinamentos em grupos, atendimentos individuais, disponibilidade de consultoras realizando busca ativa de vagas (job hunting) e apresentação de profissionais para o mercado.

Coach de Carreira

Profissionais que apoiam a conquista de um determinado objetivo profissional do indivíduo. O coach de carreira não vai te falar o que fazer, ele utilizará técnicas através de perguntas para que o profissional encontre as respostas que já tem, mas que em muitos momentos, ficam esquecidas e precisam da técnica para “o despertar”. O coach de carreira é um profissional que apoia a conquista de objetivos. Pode atender pessoa física e jurídica (executivos, times e líderes).

Mentor de Carreira

Profissional especialista em uma determinada área. Aqui ele pode se utilizar de várias ferramentas (coaching, outplacement, designer, PNL, entre outros) para apoiar a conquista de objetivos profissionais, mas especialmente dentro de um segmento. Ex: Mentor de Carreira em Tecnologia. Normalmente, este profissional pode vir de duas frentes importantes:

O primeiro tipo de mentor é um profissional que pode ter atuado na área de Recursos Humanos, como Headhunter especializado (caçador de talentos) e com bastante experiência como orientador de carreira (consultor de outplacement, coach de carreira, designer de carreira e etc) que vai apoiar este profissional a conquistar seus objetivos profissionais dentro de um segmento específico. O segundo tipo de mentor de carreira é o profissional que teve sucesso na sua área de atuação e apoia pessoas que lhe admirem a percorrer os mesmos caminhos que ele percorreu.

Além dessas diferenças, saiba que ainda poderá encontrar profissionais que atendem um nicho específico de pessoas, como por exemplo, os que estão começando a sua jornada profissional ou somente cargos de média gerência e executivos. Também pode encontrar orientadores de carreiras que focam o seu atendimento em profissionais disponíveis no mercado ou em transição de carreira, enfim, o mercado é bem diversificado. A cada dia, vejo o mercado abrindo as portas para este tipo de profissional que só agrega à conquista de objetivos de pessoas que querem mais da vida (criativa, constantemente em ação e cheia de aprendizados).

Aprender a gerenciar a carreira nunca foi tão requisitado pelo mercado, afinal, se tudo muda de maneira tão intensa e veloz, nós, enquanto seres humanos, não estamos de fora disso. Entender quem somos, o que praticamos e o que acreditamos é fundamental para uma vida bem projetada e para curtir uma jornada feliz, mesmo com as turbulências no meio do caminho.

Contar com um parceiro de carreira é ter na sua equipe de desenvolvimento da vida alguém para iluminar o poder que sempre esteve com você.

Todos os cursos da Digital House contam com o serviço de mentoria de carreira aos alunos. Assim, o aluno pode identificar qual é o seu perfil profissional e entender como se preparar para o mercado de acordo com os seus objetivos.


Escrito por Andrea Tedesco, mentora de carreiras da Digital House

Comentários