26 de Setembro de 2018
Empreendedorismo

Sua ideia de empreendimento não deu certo, por quê?

O que você pode aprender com os erros de uma ideia que tinha tudo para dar certo e acabou afundando

Certo dia, você teve uma ideia incrível para começar um novo negócio. E depois de um tempo com essa inovação martelando na cabeça, você decidiu tirá-la do papel e lhe dar vida. Tudo parecia ir bem, você tinha o capital, talvez um sócio, montou um plano de negócios e mandou fazer os cartões de visita. Mas sua ideia de empreendimento não deu certo. Por quê? Como? E agora?

O cenário descrito acima é muito mais comum do que você pode imaginar. Muitas ideias de negócio nem chegam a sair do papel, outras nascem para ter vida curta. Mas isso não é motivo para desistir. Parte do processo de empreender conta com falhas e fracassos, que devem ser vistos como aprendizados para tentar de novo.

Se a sua ideia não deu certo é porque algo errado aconteceu no caminho. O Sebrae-SP (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) conduziu uma pesquisa para entender os motivos que levam uma empresa a fechar e listou três como sendo os principais: falta de planejamento prévio, falta de gestão empresarial e, a mais recorrente, falta de comportamento empreendedor.

Grandes chances de que seu fracasso tenha caído em uma dessas situações. Se a sua ideia de empreendimento não deu certo, o primeiro passo é não se desesperar e ser humilde para admitir o erro. O segundo passa é tentar encontrá-lo, analisar o que pode melhorar para, por fim, tentar de novo.

Planejamento

Não adianta ter uma boa ideia se você não sabe nem por onde começar. É preciso ter um plano de negócios, fazer pesquisas de mercado, calcular riscos e entender o cenário em volta da sua empresa. Com quantas pessoas você conversou antes de tentar colocar sua ideia em prática? Não a tranque a sete chaves com medo de que alguém vá roubá-la, aceite insights de especialistas e daquele que provavelmente será seu mercado consumidor.

E mais importante, aceite o fato de que ao fazer tudo isso, pode ser que sua ideia mude e ganhe um novo formato, não seja purista e desapegue da teimosia. Pesquisas, conversas e planejamentos podem acabar mostrando que sua ideia precisa de uma lapidação ou até de uma transformação total. E se suas intenções de empreender são sérias, é preciso entender que sua ideia só dará certo se o mercado aceitá-la.

Gestão

Se você chegou na etapa de literalmente abrir sua empresa e ter o CNPJ na mão, talvez o seu erro tenha sido na gestão do negócio. Muitas pessoas não entendem a complexidade de gerir um negócio e por isso se desiludem. É comum ouvirmos de novos empreendedores que optaram por esse caminho porque estavam cansados da vida de trabalho de oito horas por dia, com um chefe gritando na orelha e sem autonomia ou criatividade.

Se você é uma dessas pessoas, empreender não é o seu caminho, pois exige um comprometimento muito maior e, apesar de não tem um chefe te mandando o que fazer, você tem agora uma carteira de clientes que precisam sempre estar satisfeitos. E tudo começa com seu plano de gestão.

Como está estruturado o financeiro da sua empresa? Você está atuando de acordo com todas as leis referentes ao seu negócio? Quem está à frente da gestão de marketing? Quais são os canais que vocês usam para divulgar o negócio? Como foi distribuído o investimento que recebido? Como funciona a contratação de novos funcionários? Como a equipe é remunerada? Como anda o seu fluxo de caixa?

É preciso não só saber responder a todas essas perguntas, mas também ter pessoas na sua equipe que também saibam e que entendam a importância de uma boa gestão. Cercar-se de pessoas que são competentes em suas respectivas áreas e que também entendem os processos da empresa é crucial para uma gestão saudável. E você, quem teve a ideia, não precisa fazer e controlar todas as áreas da empresa, mas precisa estar a par do andamento de todas para garantir uma boa gestão.

Empreendedorismo

Se a sua ideia deu errado e você só quer desistir, tudo bem. Não é preciso se martirizar e tentar de novo. O motivo do seu negócio não ter dado certo é que talvez empreender não seja a sua praia. É preciso um comprometimento muito grande e às vezes muitos sacrifícios para fazer uma ideia dar certo. E pode levar anos até chegar algum retorno, não só financeiro, do seu suor.

Quem empreende precisa estar disposto a literalmente arregaçar a manga da camisa, ser persistente, bater na porta dos investidores, pesquisar e aprender constantemente, aceitar os erros e manter a paixão pelo negócio mesmo quando tudo parece estar errado.

Como empreendedor a única certeza de que você tem é de que vai errar e vai falhar em algum momento da sua empreitada. E isso deve ser usado como combustível para alimentar e melhorar sua empresa. Aproveite esse momento, busque novas inspirações, quantas pessoas bem-sucedidas você conhece que nunca falharam?

Volte a conversar com outros empreendedores e empresários, mostre onde você falhou e peça conselhos. Liste os pontos em que você acredita que falhou e faça as coisas de um jeito diferente na próxima vez. E quantas outras vezes você precisar. Afinal de contas, empreender é um ciclo de aprendizagem.

Quero saber mais sobre o curso
Comentários