20 de Maio de 2019
Programação

Vale a pena fazer um curso de programação online?

Cursos EAD podem ser mais baratos e rápidos, mas são a melhor opção para você?

À primeira vista, cursos online parecem ser soluções práticas e baratas quando queremos aprender uma nova habilidade no meio da correria do dia a dia. Aulas de ensino à distância, ou EAD, são cada vez mais comuns. Mas será que vale a pena quando o assunto é fazer um curso de programação online?

Existe muita gente boa por aí que aprendeu a programar sozinho e defende esse modelo. Mas nem todo mundo é autodidata e algumas pessoas se sentem mais confortáveis em ambientes de aprendizado nos quais é possível trocar experiências ao longo do curso.

Leia mais: 5 dicas valiosas para quem quer começar a programar

A maioria dos profissionais do mercado concorda que programação não é uma área de estudo fácil, principalmente para quem está começando do zero. E pode não ser uma boa ideia iniciar seus estudos de programação totalmente online. Por isso, é fundamental se perguntar qual é a melhor forma de aprender a programar.

As variáveis para tomar essa decisão são muitas: qualidade do curso e dos professores, tempo e dinheiro disponíveis para investimento, nível de foco e concentração do aluno. Cada tipo de curso tem seus prós e contras. Nesse post vamos apresentar cada formato, desta forma você será capaz de identificar qual método de ensino  pode funcionar melhor para você.

Curso de programação online

O sistema mais conhecido como EAD tem aulas totalmente online. Geralmente, cada aula se resume em um vídeo acompanhado de material de estudo e atividades que são realizadas na plataforma do curso. Os formatos podem variar, mas o conceito é o mesmo.

É inegável que os melhores cursos de programação estão concentrados em grandes centros urbanos. Por isso, para quem está afastado dessas regiões ou tem dificuldade para se locomover grandes distâncias, o ensino online é uma boa solução.

Também existem muitos cursos que são gratuitos ou possuem um custo muito baixo, justamente por serem 100% online. O que faz toda a diferença para quem está em uma situação na qual não se tem muito para investir.

Por fim, existem pessoas que simplesmente aprendem melhor sozinhas e no seu próprio ritmo, sem a necessidade de compartilhar um espaço de aprendizado com outros ou seguir um cronograma.

Curso de programação presencial

Quando falamos em aprender programação, o nível de dificuldade e exigência faz com que muitos profissionais recomendem que você inicie seus estudos em uma escola que oferece cursos presenciais na área.

Leia mais: Programação: para onde ir, afinal?

Isso porque você vai ter a chance de realizar atividades práticas com um tutor ao lado, que imediatamente poderá corrigir seus erros ou te auxiliar com dúvidas. Sem contar a troca de experiências com os próprios colegas.

Apesar de mais caros e longos, estes cursos também costumam ter mais qualidade e conseguem preparar o aluno para o mercado de trabalho. Os professores podem trazer cases para a classe e realizar simulações de situações reais com a turma.

Em comparação com fazer um curso de programação online, o curso presencial também te coloca em contato com profissionais do ramo, criando sua primeira rede de networking já em sala de aula.

Esse é o curso mais indicado para pessoas que possuem dificuldade em se concentrarem e que dispersam sua atenção facilmente quando estudam sozinhas. Um formato presencial com atividades práticas e troca entre colegas de trabalho pode ser estimulante.

Curso de programação online e presencial

Existe um terceiro formato, pouco conhecido e aplicado, que é o meio termo entre o curso totalmente presencial e o totalmente online, também conhecido como semi-presencial ou blend (misto).

Neste caso, o aluno estuda todo o material teórico em casa e comparece às aulas somente para as atividades práticas. A carga horária é dividida entre online e presencial.

Quando falamos de um curso tão complexo quanto programação, que exige muita horas de estudo e grande comprometimento, esta é uma excelente solução para quem procura um curso de alta qualidade, mas não tem tanto tempo disponível para se deslocar.

Sem contar que o estudo online pode ser feito nas dependências físicas da escola, para aqueles com dificuldade de concentração. E os professores estarão à disposição para ajudar durante os exercícios práticos.

Este é o melhor formato para quem está indeciso entre aulas presenciais e online, pois é a combinação dos dois, trazendo o melhor de cada um.

A Digital House oferece cursos de programação na modalidade presencial e semipresencial. Quer saber mais? Entre em nosso site ou venha fazer uma Visita ao Campus.

Comentários