07 de Março de 2018
Digital House

Website lento?

A partir de julho o Google irá considerar a velocidade de carregamento das páginas nas buscas realizadas por dispositivos móveis.

O buscador mais famosos do mundo inclui mais uma variável para posicionar e ordenar os resultados que aparecem nas buscas feitas por dispositivos móveis: a velocidade de carregamento dos sites.

O Google anunciou que vai passar a levar em conta a velocidade de carregamento das páginas da internet na hora de posicionar e ordenar os resultados de buscas realizadas por aparelhos móveis. Uma notícia que deve interessar não apenas aos desenvolvedores de website, mas também aos profissionais do marketing digital, já que a mudança poderá afetar a visibilidade das marcas na internet.

Segundo a explicação no blog oficial da empresa, o novo fator de posicionamento só irá penalizar os sites que ofereçam uma experiência excessivamente lenta aos usuários e atingirá apenas uma pequena porcentagem das buscas. Além disso, será aplicado de forma igual para todos os sites, independentemente da tecnologia usada para criar a página.

No entanto, esse novo fator não irá se tornar mais importante que a precisão, a adequação e a relevância do conteúdo na hora de priorizar o ranqueamento de páginas. Isso significa que um site lento ainda terá a possibilidade de se posicionar bem, desde que possua informação relevante e de qualidade.

Mesmo assim, a empresa aconselha que os desenvolvedores web pensem na experiência dos usuários que visitam seus sites e recomenda vários recursos de medição como o Chrome User Experience Report e o PageSpeed Insights, ferramentas que podem ser usadas com o Google Chrome para medir o rendimento das páginas.